Portal Santa Luzia Net - Pagina Inicial


Receba Nossas Noticias diretamente no seu email

Roda Viva | Adélia Prado | 24/03/2014


A convidada do Roda Viva desta edição é Adélia Prado, autora de poesias, prosas e antologias, além de diversas traduções e obras em parceria.
Video Rating: 4 / 5

Publicado pela TV Brasil em 02/06/2009 no Youtube. Direção Marcelo Buainain Co-produção Marcelo Buainain / Ginga Filmes / TV Universitária do Rio Grande do N…
Video Rating: 5 / 5

Junte-se ao Nosso Canal No Telegram - -
Junte ao nosso canal no Telegram e participe de todas a publicações em primeira mão -- 1243325

Clique Aqui e Participe Já



Os artigos aqui publicados foram recolhidos pela internet com referência as suas devidas fontes no campo (Fonte) e tem sua responsablidade de seus criadores, caso você se sinta ofendido ou queira a remoção de alguma informação favor entrar em contato conosco aqui



26 Responses to Roda Viva | Adélia Prado | 24/03/2014

  1. marcos apolo junior

    mulher simples que sente demais e corta o desnecessário !

  2. marcos apolo junior

    excelente entrevista !

  3. ricardo tadeu

    chame o professor Olavo de carvalho ! para nossa alegria.

  4. Maria Rita Amorim

    Não sou a favor da pena de morte, mas, não consigo ver o Ditador Saddam
    Hussein uma pessoa sofrida e vítima no momento da pr.

  5. Juan Gonzalez

    Ela disse que é inútil fugir da dor, pois você a encontra ali na esquina
    novamente. Mas eu acho também que existe muita dor desnecessária. Nós
    produzimos muito sofrimento que poderia ser evitado. Por exemplo, creio que
    devemos ser autores das nossas emoções, pelo menos de grande parte delas.
    Podemos escolher o que amamos. Eu poderia amar drogas, mas como sei que há
    uma grande chance de elas me produzirem sofrimento, escolho não pensar
    nelas. Escolho amar música, arte, conhecimento. Já a filosofia escolho
    ama-la até certo ponto, pois ela gera tormentos e ansiedades completamente
    desnecessárias em torno de questões que simplesmente não temos resposta.
    Resumindo, acho que temos de aprender a padecer o sofrimento necessário
    tanto quanto de evitar o desnecessário.

  6. Chico Gretter

    Lamento a ingenuidade política da poetiza Adélia Prado, o que revela seu
    desconhecimento quase que total do que realmente acontece na política
    brasileira; atribuir os problemas históricos da política brasileira somente
    ao governo atual, o seu pessimismo, meu Deus! Que pena, Adélia, mas você
    equivocada em sua análise!

  7. Breno Furlan Bueno

    Roda Viva | Adélia Prado | 24/03/2014

  8. Leandro Maurício

    que uníssono entediante.

  9. Marcelo Orfeu

    ela nunca trabalhou ? ficou escrevendo livros e usando de alguem influente
    pra conseguir uma editora e alguem pra destribuir o lilvro. democracia é
    assim , pergunta se ela sabe fazer um boliho de chuva;;;

  10. maximoplf

    Aliás, que ideia ridícula, ultrapassada e pífia essa noção de “bem” e
    “mal”. ´

    41:13 – “Não é verdade?”. Os entrevistados ficaram sem graça com tamanha
    burrice e nem se pronunciaram.

    Adélia é um criado mudo: um móvel velho e ultrapassado, que não tem nem
    nunca teve utilidade, mas que mantemos em um cantinho só por nostalgia e
    pena.

  11. Sergio Xavier

    Esses cara são muito tapado, ninguém consegue fazer uma pergunta ou
    comentário que esteja a altura dessa mulher.

  12. araci scarpa

    ADÉLIA PRADO – PROGRAMA RODA VIVA, APRESENTADO EM 24/03/2014:

  13. Teodomiro Goulart

    Adélia Prado é tão boa de política quanto Aécio de Poesia.

  14. Roosewelt Lins

    Uma escritora que analisa o cenário político via TV e jornais só merece
    respeito por causa da idade. Ela ainda está na época de definir o que é
    esquerda e direita, primeiro mundo, etc. Acho que a senhora só vai diluir
    essas ideias se ler um pouco mais. Dizer que se não votar não ganha
    salário… E pelo visto ela não entendeu o livro de Baudrillard. Ela fala
    de questões política como se fosse uma intelectual engajada. Esperar o quê
    de uma escritora dogmática. Velha coxinha.

  15. Fernando Silva

    Não conhecia a obra desta senhora. Mas a entrevista me remeteu a uma
    conversa com a vovó, sentado a beira de um fogão a lenha enquanto uma bela
    cuca caseira é assada. Quem está cobrando opiniões de uma PhD em Ciências
    Políticas é alguém de má fé. Na parte política, só vi uma senhorinha
    simpática, inteligente e experiente, uma cidadã, falando do que viu e o que
    vê.

  16. Paulo Henrique Ribeiro de Oliveira

    .. é bem por ai!!!!

  17. Roda Viva
  18. E'dima Matos

    Roda Viva | Adélia Prado | 24/03/2014

  19. maximoplf

    Mulher insuportável e passável.

    Intelectualmente, tem poesias medíocres (“preparo o peixe para o meu
    marido, sniff”) e músicas ridículas. Vale notar que toda vez que alguém
    tenta elogiá-la, cita o apoio do Drummond para embasar: isso é, ninguém vê
    qualidades nela, então usa isso como um baluarte.

    Pessoalmente, é uma mulher arrogante que não olha ninguém no rosto e se
    acha o máximo da festa. Já vi ela destratar gente no aeroporto como se
    fosse uma ganhadora do Nobel, quando é apenas uma velha medíocre com obras
    medíocres.

  20. tyrpamplona

    O Brasil NUNCA esteve tão sem perspectiva econômica (onde só se salva o
    Agronegócio, que historicamente é esculhambado pelo Partido dos
    Trabalhadores desde sempre) e nunca foi tão alinhado à ditaduras
    (obviamente, majoritariamente de esquerda). Para PIORAR, as críticas de
    Lula ao plano Real e, SOBRETUDO, ao bolsa família (criado por Ruth Cardoso,
    com diversos critérios, que foram suprimidos pelo PT) agora tornam-se
    verdadeiras: a inflação voltou, a moeda desvalorizou e o assistencialismo
    “voto de cabresto” dominou as eleições pró-governo. E tem gente aqui que
    defende PT.

  21. Douglas Sousa

    Boa de poesia, mas míope politicamente! Super desinformada da política
    atua, fez critica pela critica, apenas. Adélia, escreva apenas! Obrigado! 

  22. raquel santana

    É um prazer muito grande pra mim, assistir uma entrevista dessa, fico muito
    feliz, pois é raro encontrar pessoas muito humana, é linda essa mulher.
    Por dentro e por fora.

  23. Beatriz Franco

    Maravilhosa Adélia Prado! Parabéns pela coragem, e clareza que fala tudo,
    sem abandonar seu sotaque mineiro, seu jeitinho mineiro!

  24. Carlos Silva

    Ela é notada de muita inteligência e humilde. Sabe que por mais que conhece
    bem, não se convence que conhece tudo (ao contrário de muitos aqui nos
    comentários), como ela mesma diz, que não se considerava uma poeta embora
    muitos já sabiam que era.É uma pessoa que não tem medo de dizer “eu não
    sei”, “não consigo explicar”. coisas raras de ouvir nos dias de hoje. Ela é
    humana.

  25. Rosemary Bastos

    Adélia Prado

  26. Canal Namastê

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mude para versão para dispositivos móveis deste site